Conheça 4 vantagens em abrir uma franquia não convencional

 

Microfranquia convencionalSe quando você ouve falar em franquia, logo te vem à cabeça um quiosque no shopping, uma marca de roupa jovem ou mesmo um restaurante que costuma almoçar… esqueça.

Apesar das franquias de alimentação serem as que mais crescem em franchising – responsável por 15% do faturamento do setor – há outros tipos bem mais rentáveis.

Antes de escolher qual negócio pretende abrir, alguns pontos devem ser levados em consideração, como: seu gosto pessoal por um ramo específico, sua experiência na área, lucro médio esperado e capital para investimento.
Se você tem perfil empreendedor, é hora de pensar “fora da caixinha” e considerar abrir uma franquia não convencional.

Para quem não sabe, há até a possibilidade de se ter uma franquia em casa, as chamadas franquias home-based (microfranquias) ou ainda franquias virtuais. Essa última modalidade tem previsão de crescimento de 25% a 30% nos próximos cinco anos, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Conheça quatro principais vantagens de se investir em uma franquia não convencional.

Baixa concorrência

Nadar de braçada. O velho dito popular é mais provável de acontecer se você tiver um negócio diferente dos outros, que atenda nichos específicos no mercado (quanto mais especifico for o negocio maior a rentabilidade e lucratividade). Além de contar com o conhecimento prévio do franqueador, o empreendedor recebe treinamento específico e assessoria ao longo do caminho. Em cidades menores, a probabilidade de se tornar referência no mercado local é ainda maior. Produtos e serviços inovadores não contam com concorrentes.

Possibilidade de montar uma franquia mista

Franquias de setores generalistas como roupas e alimentos são únicas e não admitem negócios mistos. Já as franquias não convencionais, por atenderem nichos específicos, possibilitam que o franqueado trabalhe com vendas de produtos ou serviços complementares da marca principal e que não vão concorrer diretamente com o negócio principal. É uma forma de manter o atendimento personalizado e o dono manter certa autonomia na administração da franquia.

Possibilidade de conciliar outras atividades

Uma microfranquia pode ser um excelente investimento para o futuro. Inicialmente, ela não precisa ser a atividade principal do empreendedor, que pode manter seu trabalho convencional e administrar a microfranquia paralelamente, até uma possível aposentadoria ou dedicação integral do franqueado. Outra vantagem é a diversificação da renda, que passa a vir de diferentes fontes.

Custo mais baixo para iniciar um negócio

Claro que estamos falando de dinheiro aqui e o benefício que mexe mais diretamente com o bolso é o custo para iniciar um novo negócio. Franquias muito populares, além de correrem o risco de mercado saturado, são muito mais caras. Investimento inicial baixo facilita a entrada de novos empreendedores no mercado e agilizam o retorno do capital.

Seja lá qual for o ramo da franquia escolhida, alguns conceitos são básicos para qualquer atividade. Antes de mais nada, é preciso que o empreendedor se identifique com o negócio, já que o inicio é a fase que mais necessita de esforço e trabalho pessoal do franqueado. Mesmo nos casos em que funcionários tomarão conta do negócio, são os olhos do dono que engordam a boiada.

Você está pensando em abrir uma franquia? Já estudou os mercados que tem mais identificação? Conta pra gente nos comentários abaixo, quais são suas pretensões com esse novo desafio! ou então clique no botão para mais informações de nossa franquia.

 [maxbutton id=”1″]

 

Comentários estão fechados.