Cinco dicas para começar a empreender

Cinco dicas para começar a empreender Ronaldo Bernardi/Agencia RBSCinco dicas para começar a empreender. Cliente, preço, inspiração e decisão rápida para começar fazem parte das estratégias para abrir frente em um negócio.

Para quem busca em 2017 trilhar novos caminhos e empreender, é preciso começar a colocar as ideias em prática. E, para adotar e levar a diante essa grande mudança profissional, é necessário estudar o mercado, se preparar e traçar estratégias para sobreviver diante da concorrência. O criador do Grupo 10X, David Pinto, reuniu cinco dicas importantes para começar em um negócio. A empresa de Pinto ajuda empreendedores a começarem uma empresa do zero. Confira abaixo as sugestões do empresário.

Conheça e observe o mercado

O primeiro passo para quem deseja abrir seu primeiro negócio é a escolha do segmento. Conhecer o mercado a fundo, os concorrentes, as historias de empresas que são líderes de segmento é algo essencial. O ideal é entrar em um segmento em que o empreendedor possua uma identificação pessoal.

— Não adianta apostar no mercado de alimentos, sendo que a pessoa odeia entrar numa cozinha, por exemplo – explica Pinto.

Além disso, é preciso analisar se o mercado em questão é consolidado ou se é um mercado novo, porém com boas projeções de expansão. No caso de a pessoa investir em um mercado consolidado, é preciso observar como será a concorrência na região de atuação e se o negócio terá um diferencial bom o suficiente para superar a concorrência.

— O lado bom de apostar em um segmento consolidado é que se pode aprender muito com os erros dos outros, por outro lado, o desafio de superar quem já está há muito tempo no negócio é maior — diz o empresário.

Agora, se a ideia for apostar em um segmento inovador, é preciso avaliar muito bem se realmente haverá demanda para o produto ou serviço que o empreendedor irá trabalhar.

— Uma saída é conversar com futuros clientes, entender em detalhes as necessidades deles, para então desenvolver o melhor modelo — avalia.

Cliente: o seu principal investidor

Para abrir o próprio negócio é importante acreditar e dar valor no cliente. Se o empreendedor está seguro que está apostando em um mercado com potencial, ele precisa agora se aproximar do público-alvo e valorizá-lo ao máximo.

— O empreendedor de primeira viagem deve entender que é o consumidor quem irá trazer capital para a empresa, possibilitando que o negócio cresça e se torne uma marca de sucesso — afirma Pinto.

Muitos empreendedores iniciam um negócio sem a preocupação de conquistar o cliente. Com isso, até que o negócio decole, muitas vezes precisam recorrer a empréstimos.

Inspire-se no melhor

O ideal é sempre olhar as empresas grandes do mesmo segmento e entender como elas foram se desenvolvendo, buscar inspiração. Aprender os meios que marcas de sucesso usaram para atingirem o caminho certo.

— Não estamos falando de copiar o mesmo método, já que cada empresa tem seus diferenciais e necessidades, mas, sim, se inspirar em atitudes fundamentais para o crescimento — sugere.

A dica vale para o contrário, ou seja, para a marca que não deu certo, prevenindo erros e estudando os tropeços que outros empreendedores cometeram.

Preço baixo, lucro alto!

Outro ponto para quem busca ser um empreendedor é a questão dos preços dos produtos. O ideal é começar com valores menores e não bater de frente com concorrentes que estão no mercado há anos.

— O empresário precisa ter em mente que o grande desafio é conquistar espaço e clientes, para isso é preciso começar com preços chamativos. Afinal, entre duas opções caras, o consumidor vai escolher a mais conhecida. A grande dica é apostar no preço acessível — explica David.

Além disso, é imprescindível que a marca construa uma boa reputação no mercado. Mesmo com um preço mais em conta, o lucro pode ser bem mais alto, já que irá gerar mais compras e clientes fidelizados.

Não perca tempo!

Para abrir a própria empresa, é preciso começar logo. O empreendedor precisa acreditar, confiar na sua ideia e não ter medo. É preciso arriscar sem perder tempo. Se demorar muito para colocar em prática, alguém pode passar na frente.

— As pessoas acham que são as grandes empresas que devoram as pequenas, mas não. São as empresas mais rápidas que acabam com as mais lentas. Por isso, com o mercado escolhido, clientes e bons métodos, não há necessidade de esperar — finaliza.

Para você que esta buscando algo para fazer ou ser dono do próprio negocio?

plinplinSomos uma das poucas empresas franqueadoras no Brasil que disponibilizamos gratuitamente conteúdos sobre empreendedorismos, e com a nossa experiência podemos afirmar que uma franquia é sua melhor opção por motivos relevantes tais como: um sistema já testado, segurança, retorno comprovado por outros franqueados. Só isto já basta para pensar em investir em uma franquia.

Manual Franquia ChipbrsIndependentemente de sua opção de escolha, e caso deseja saber mais sobre a Franquia Chipbras, preencha o formulário abaixo e será redirecionado para uma pagina contendo estas informações. Obrigado.

 




 

Comentários estão fechados