7 DICAS PARA APROVEITAR A FEIRA DO EMPREENDEDOR DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL

EMPREENDEDOR7 DICAS PARA APROVEITAR A FEIRA DO EMPREENDEDOR DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL. Quem já empreende ou está pensando em abrir o seu próprio negócio em 2017 não pode ficar de fora da Feira do Empreendedor SP, realizada pelo Sebrae-SP.

Considerado o principal evento de empreendedorismo do país, a feira, que acontece de 18 a 21 de fevereiro, no Pavilhão Anhembi, na capital paulista, espera receber 150 mil pessoas, gerar mais de 49,3 mil capacitações e 20% a mais no valor de negócios fechados de 2016, que alcançou  R$ 15,5 milhões.

O evento reserva uma série de oportunidades, contando com atrações para empreendedores em busca de novos parceiros e principalmente para quem sonha em se tornar seu próprio chefe em 2017.

A edição contará com 40 mil m² para receber confortavelmente o público e comportar toda a estrutura de 424 estandes de expositores, 22 espaços para patrocinadores, mais de 15 atrações do Sebrae-SP. Além disso, a feira apresentará sete lojas modelo referentes ao segmentos de maior densidade e procura pelos clientes, como também os espaços da Vila de Crédito, Cinema Sebrae e Clínica.

No entanto, para aproveitar tudo que o evento oferece da melhor maneira possível, os visitantes da Feira do Empreendedor precisam tomar alguns cuidados.

Para Gustavo Carrer, consultor do Sebrae-SP, planejamento e foco são palavras-chave para os visitantes. Segundo o especialista, o preparo para a feira deve começar muito antes do dia 18 de fevereiro, quando o Pavilhão Anhembi abre suas portas. “Planejar-se previamente faz toda a diferença para o visitante. O ideal é que ele procure a programação e o mapa do evento com antecedência, organizando toda a visita de acordo com a suas necessidades específicas”, diz o consultor.

Carrer ainda recomenda que o visitante defina uma escala de prioridades, traçando uma linha de atrações “imperdíveis” até atividades de menor importância. “Se o empreendedor não conseguir cumprir toda a sua meta, tudo bem. O importante é não deixar de visitar todas que considerava imprescindíveis“, afirma. Além dessas dicas, o consultor também pontuou o que mais o visitante pode fazer para aproveitar o evento ao máximo. Confira:

1. Foco no seu interesse
Para o consultor, não faltam atrações – ou distrações, dependendo do caso – na Feira do Empreendedor. Por isso, é mais do que necessário definir o propósito de sua visita. “Ali, todos querem a sua atenção. Mas não esqueça: é um evento de negócios”, diz.

Buscar atender às suas necessidades e esclarecer as dúvidas relacionadas ao que havia definido em seu planejamento prévio deve ser o foco principal do visitante. Carrer, inclusive, deixa claro: uma das melhores maneiras de extrair tudo que o evento oferece é visitá-lo sozinho. “Ou, no máximo, com seu sócio. Quando pessoas com diferentes interesses vão à feira, fica difícil atender todos de maneira completa.”

2. Não tenha pressa
A Feira do Empreendedor de São Paulo é o maior evento de empreendedorismo do país. Por isso, não tenha pressa.

Segundo os especialistas do Sebrae-SP, pelo menos meio período do seu dia será reservado para a feira, caso esteja à disposição para aproveitar assertivamente o evento. “Além disso, as principais palestras e atrações costumam ter filas maiores, e isso pode tomar mais do seu tempo. O ideal é reservar um período grande do seu dia para cumprir todos os seus objetivos”, afirma Carrer.

3. Apresente-se
Em um evento como a Feira do Empreendedor, além das inúmeras atividades que o visitante tem acesso, ainda há a possibilidade de reforçar o networking com tantas outras pessoas interessadas em trocar ideias e experiências.

Por isso, Carrer recomenda que o visitante leve um cartão de visitas para a feira. “Não tem problemas se você ainda não tiver o cartão da sua empresa, por exemplo. O importante é facilitar o networking. Nome, telefone e e-mail já são suficientes. Pense que, após a feira, dificilmente lembrarão de você – e vice-versa. Então ajude a ser lembrado”, diz.

4. Logística
“A feira começa antes de sair de casa”, afirma o consultor do Sebrae-SP. Esta dica do especialista é voltada, principalmente, para os visitantes que não moram na capital paulista. Como esse tipo de planejamento envolve um desenvolvimento logístico, locomoção e hotel, por exemplo, é primordial que tudo isso seja devidamente fechado com antecedência.

Já quando os visitantes estiverem devidamente alocados em São Paulo, Carrer afirma que a recomendação oficial do Sebrae-SP é que optem por chegar à feira por meio do metrô Terminal Tietê, com translado oficial da estação até o Pavilhão Anhembi. “Evita perda de tempo e dinheiro com estacionamento. Em um grande evento como esse, são elementos muito importantes para o visitante.”

5. Cuidado com decisões impulsivas
Já quando estiver no evento, é importante tomar muito cuidado com as decisões impulsivas.

Quem está pensando em abrir um negócio, ou analisando investir a sua economia em uma franquia, por exemplo, vai se deparar com diversas ofertas – muitas delas bem atrativas.

E, por isso, o visitante deve se ater ao seu planejamento para não se ver investindo o dinheiro de uma vida em um negócio que não conhece ou não tem identificação. “É muito comum que franqueadoras façam promoções chamativas durante a feira. Mas é importante que o visitante não tome decisões impulsivas. Mais uma vez, destaco a importância do planejamento pré-feira. Manter-se fiel ao que havia pensado desde o início pode ser uma boa saída”, afirma Carrer.

No entanto, isso não significa que negócios não possam ser fechados durante o evento. “Se você havia realizado uma pesquisa prévia sobre negócios para investir, fornecedores que poderiam se transformar em novos parceiros, não há por que não seguir em frente durante a feira.”

6. Compare, compare, compare!
Por mais oportunidades que a feira ofereça, há uma em especial que o consultor do Sebrae-SP considera muito importante: a de realizar uma pesquisa de mercado com o público e com a concorrência. “Nem todos prestam atenção nisso, mas o evento conta com a participação de inúmeras empresas de diferentes setores. Essa é uma oportunidade quase única para o empreendedor”, diz.

Por exemplo, o dono de negócio que está em busca de um novo software de gestão pode conversar com diferentes concorrentes em um único dia. “Um trabalho que demoraria semanas pode ser resolvido em algumas reuniões durante a feira”, diz Carrer.

7.  Aproveite as oportunidades
Para Carrer, aproveitar ao máximo o caráter diversificado da feira por si só, com franqueadoras, câmaras de exportação e startups, já é uma oportunidade imperdível para quem está pensando em empreender em 2017, ou para quem já é dono de negócio e está em busca de novos parceiros.

“A nossa feira tem aquele empreendedor que busca um formato pronto, já testado e formatado e também há quem busca formar a carteira de fornecedores. Então a feira permite tudo isso. Cada empresário deve aproveitar à sua própria maneira”, afirma.

Para você que esta buscando algo para fazer ou ser dono do próprio negocio?

plinplinSomos uma das poucas empresas franqueadoras no Brasil que disponibilizamos gratuitamente conteúdos sobre empreendedorismos, e com a nossa experiência podemos afirmar que uma franquia é sua melhor opção por motivos relevantes tais como: um sistema já testado, segurança, retorno comprovado por outros franqueados. Só isto já basta para pensar em investir em uma franquia.

Manual Franquia ChipbrsIndependentemente de sua opção de escolha, e caso deseja saber mais sobre a Franquia Chipbras, preencha o formulário abaixo e será redirecionado para uma pagina contendo estas informações. Obrigado.

 




 

Comentários estão fechados